Alice no País das Lebres


O conto mais psicadélico da era moderna, contado por uma lebre de pano.

Agora tenho de ir, que já estou atrasada.

9 comentários:

Heleen disse...

So so cute!

alexa disse...

:) maravilhosa!

SofiAlgarvia disse...

Adorei o promenor da joaninha no sapato!
Que mimo!

Brikebrok disse...

ahhahah que espectáculo ! gosto da porta do cenário !

Grey´s disse...

Virginia, e essa lebre igualzinha mas com um vestido em vermelho as bolinhas brancas ... nao? Fazia pandan com o jeitoso que te encomendei ha uns tempos ..
Beijinho

flor-de-vento disse...

é tão linda!!!

Miriam Santana disse...

Oi,

Seu blog é cool, adorei o conto...Tb tenho um blog quando tiver um tempinho da uma olhada...
Beijos

http://www.flickr.com/photos/flores_e_feltros/ disse...

Maravilhosa! E a sessão fotográfica espetacular!
Parabéns!

Bichos da Matos disse...

Olá Virgínia! depois de ter estado contigo hoje passei pelo stand de que falámos e as "outras" não têm nem de perto, nem de longe a beleza e o encanto das tuas;)acho que nunca te deves fartar das tuas lebres! Beijinhos, até à próxima, Catarina