pequeno almoço

pequeno almoço

O dia tem que começar em silêncio para começar bem. Tenho que ter espaço para não ouvir, não pensar, não falar. Enquanto a água ferve, o pão torra. Para mim. 
Se conseguir chegar à mesa ainda neste acordar só meu, então o dia vai ser bom. 
Naqueles minutos em frente à janela, os sonhos da noite vão-se despedindo, deixando a casa arrumada, com a certeza de voltar sempre enquanto eu cá estiver.
É este o meu alimento preferido - o silêncio da manhã com cheiro a pão torrado e chá preto a fumegar.

pequeno almoço

2 comentários:

Alexandra Baião disse...

que belo acordar! eu também preciso de tempo e silêncio para absorver os primeiros minutos e a primeira luz!

beijos da costa alentejana,
Xana

aqui pelo campo... disse...

Também sou assim...preciso de silencio para acordar e sobretudo preciso desses primeiros momentos do dia para mim!!!
Adorei!