na mesa de trabalho

mesa de trabalho

A mesa é pequena e está cheia de trabalhos começados. Sento-me e pergunto-me porque não a arrumo antes de começar. Sorrio com tamanho disparate - se usasse os minutos que tenho livre para a arrumar não tinha tempo para trabalhar. As coisas vão encontrando o seu lugar, por si próprias, com o devido tempo. Se por um lado o caos me chateia e talvez trabalhasse melhor com uma mesa arrumada, por outro faz-me feliz. A ideia de ter muito para fazer - à minha espera, à minha espera, à minha espera - mantém-me acordada, inspirada, motivada. 

Neste momento tenho um gato, uma lebre, um babete, três pares de sapatos de bebé, um gorro e não sei que mais à espera de mim. 

Estou a ir, estou a ir.

9 comentários:

tarapatices disse...

Por acaso arrumo sempre que acabo um trabalho, se não não me conseguia mexer, mas só pouco de arrumações! ;)

vervlogen dagen disse...

The cat is lovely already! My desk is always a mess too. I dream of white, clean and tidy workspace, but being creative is also creating a mess. (I think that is what you wrote about. My portuguese isn't that well, ha ha). Isn't making softies and doll the nicest thing. I just made a few myself.

Ana V. disse...

Vá....e bom trabalho.

Sandra Tavares disse...

Bom trabalho. Beijinho.

Andreia disse...

Bom trabalho Virgínia!

sara carvalho disse...

Daqui vejo uma orgulhosa desarrumação! Beijinhos

António Jesus Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e muita paz e saúde.

Inspiração Inesperada disse...

Gosto muito, mas mesmo muito dessa perspectiva... tão, mas tão inspiradora!

aqui pelo campo... disse...

Não consigo trabalhar com a mesa num caos...mas é verdade...ás vezes o pouco tempo que me resta, passo.o a arrumar, e acabou...."são horas de voltar á vida de mãe"!!!!!