blog x facebook

for the ♥ of blog


Manter um blog é mais ou menos como deitar ao mar mensagens dentro de garrafas de vidro e esperar que a resposta chegue do outro lado, mais cedo ou mais tarde. É um investimento de tempo e alma. A sua maior recompensa, para além de tudo de bom que pode trazer para a vida de quem o mantém (anos e anos de garrafas ao mar), são os comentários que os seus leitores vão deixando ao passar. Esses comentários vão incentivando o blogger a continuar (ou não), mostrando-lhe quem o lê e porque o lê, muitas vezes ensinando-lhe o caminho a seguir, sem contar com as amizades que vão nascendo, quer pelo mundo virtual, quer real.
Ler um blog pode ser tão bom quanto escrever um. Eu própria sou seguidora de muitos e não passo muito tempo sem fazer uma visita aos meus preferidos. Entramos num mundo à parte, podendo escolher um mundo feito à nossa imagem. 
Mas os blogs andam a queixar-se. O facebook roubou-lhes os leitores e os comentários. Ali tudo é mais fácil e rápido, como se quer hoje em dia e o blog passou a ser lido muitas vezes na diagonal, para que haja tempo para tudo (tempo para tudo?). Aparentemente, deixar um comentário num blog consome tempo demais do nosso dia. Será mesmo assim? 

Eu tento sempre comentar, dizer um olá, um passei por aqui e gostei. Tanto nos blogs que sigo desde sempre como naqueles que aqui vão deixando comentários (amor com amor se paga). Mas posso fazer melhor. E por saber que posso e devo fazer melhor, comprometo-me a partir de hoje a comentar os blogs nos blogs e o facebook no facebook. Cada macaco no seu galho, dizia o meu bisavô.

E vocês?

(Este emblema foi feito para quem quiser partilhar no seu blog. É só levar e partilhar!)




64 comentários:

Paula Spranger Pereira disse...

Gostei da imagem, mensagens em garrafas. Sinto isso exactamente :)

Filipa disse...

Concordo plenamente e como tal deixo aqui o meu comentário! :) Beijinhos e parabéns pelo blog, sabe bem ler blogs assim!

SofiAlgarvia disse...

Concordo e subscrevo!
Long life for the blogosfera :)

Anónimo disse...

O problema é que muitos blogs obrigam a contas google que nem toda a gente tem. Obrigam a código de conformação impercétiveis e outras tantas coisas que fazem com que uma pessoa depois de escrever um comentário desista de o tentar colocar...

Não que seja o casa neste momento mas que acontece acontece :)

Naná disse...

Eu sempre gostei de comentar.

Nos últimos tempos, os blogs têm sido muito mais da minha preferência do que o Facebook, que já me aborrece um bocado!

Carminho Handmade disse...

Não podia deixar de comentar este post Virgínia. Essa analogia das garrafas atiradas ao mar é tão verdade. Escrevemos como se fosse para alguém ler, mas não temos a certeza de que isso vai acontecer.

tenderblue disse...

Muito bom. Tão "verdade". Obrigado Virginia.

Maria Duarte disse...

Gostei e concordei.

Nunca fui grande fã do facebook (embora tenha conta) e parece-me que cada vez gosto menos.

Gostei da comparação com a "message in a bottle" mas eu criei tb outra, assim tipo canal 2.
O blog lê quem quer, no facebook, aparece lá para o meio, misturado com os outros quinhentos...

Gosto de por aqui passar, comento quando "me diz alguma coisa" e sim, são os comentários que vamos recebendo que nos fazem ter vontade de continuar a mostrar ao mundo aquilo que podíamos estar a fazer só para nosso belo prazer.

Um Beijo

ana margarida disse...

yes!

Vera João Espinha disse...

Virgínia, o facebook «rouba» muitos comentários sim, mas quando eu publico qualquer coisa no blogue não fico à espera de ter um constante feedback. Primeiro que tudo o blogue deve ser um registo para mim, o blogue automotiva-me e isso é o mais importante, e não porque as pessoas comentam ou mostram interesse pelo que publico, isso deve ficar para segundo plano. Acho que todos os blogues fluem mais e são mais autênticos quando não se comprometem demasiado com quem os lê ou se ficamos muito preocupados com as visitas.

As pessoas chegam lá de variadíssimas maneiras, e apesar de achar que comentam um pouco menos do que no início, também há pessoas que passaram a comentar no facebook que não tinham coragem para o fazer no blogue, parece que não ficavam à vontade. Recebo emails de pessoas que não comentam no blogue nem no facebook, esses emails apesar de não serem públicos muitos deles são bons e fazem-me reconhecer que sem saber como, chego a outras pessoas.
No blogue os assuntos comentados ficam mais bem registados e fáceis de voltar a procurá-los do que no facebook, esse é o principal motivo que prefiro que comentem no blogue.
Por várias vezes pedi para não enviarem emails a pedirem informações sobre o projeto pelo facebook, mas sim utilizarem o email mais tradicional.
Se as pessoas comentam muito no facebook também tem haver com o feedback que lhes damos ali. Habituam-se.

Já agora, muito obrigada por de vez em quando comentares no meu :-)

Carla disse...

Nem sempre comento...mas neste post não podia deixar de o fazer!

Beijinhos! :)

Goldie disse...

De acordo ;)
Bjinhos

macaca grava-por-cima disse...

concordo... só não vou roubar a imagem porque não tenho facebook do blog, só pessoal! gosto de ler-te

Cristina Lopes disse...

Como a compreendo, Virgínia! Os comentários que recebo no meu blog são tão poucos que já ponderei seriamente sobre a validade do projecto. Será que alguém encontra as minhas garrafas? Beijos e continuação de bom trabalho.

ana disse...

olá, sim é preciso mais tempo para os blogs, mas também é só com o tempo que conhecemos as pessoas e os seus trabalhos, as suas ideias. e vale muito mais a pena.

abraços
ana

Sara Grilo disse...

Boa tarde!
Sigo o seu blog à muito tempo, antes até de nascer a sua pequenita!
E secalhar nunca comentei!!! Mea culpa!!
Gosto muito de todos os seus posts, principalmente as transformações de costura, mas também me ajuda na minha atual situação de mãe a tempo inteiro (embora este ano estejam as duas na escolinha) até às 3h e de trabalhar em casa. Ler ou saber das dificuldades dos outros também nos ajuda a relativizar as nossas, e a levantar a moral!!
Obrigada!
Vou tentar comentar mais...
Sara

Claudia Bellecerie da Fonseca disse...

Eu digo sim ao blog!!!
Parabéns pelo seu.
Um abraço do Brasil.

Anónimo disse...

Olá.
Eu adoro o seu blog e já o sigo há imenso tempo!
Não tenho facebook nem nenhuma conta google o que por vezes dificulta quando pretendo deixar comentários em alguns blogs que sigo, este felizmente não é o caso e agradeco-lhe por isso...
Um beijinho.
Cris

Margarida disse...

E cá estou eu a deixar o meu comentário :-)
Amor com amor se paga. esperemos conseguir levar este "movimento" adiante.

Planeta Zorp disse...

e que bom que é este teu blog Virgínia! o meu é muito mais recente, mas o meu sentimento por ele também é este que aqui explicas!
quanto a FB... pois que nem sequer o tenho!
beijinhos da costa alentejana, Xna

Anónimo disse...

Eu tenho alguns blogs que gosto de "visitar". Sinto que me deixam entrar nessa casa! Este é blog é um deles. Gosto muito de aqui vir e, porque quero aqui continuar a vir, hoje comento (creio ter comentado 3 ou 3 vezes, somente!):
A comparação com das garrafas atiradas ao mar é tão verdade e tão bonita.
Obrigada,
sempre por aqui,
Mª Antónia Forjaz

rosa ramos disse...

Tens imensa razão, e contra mim falo. Eu gosto bem mais de blogs do que do face, tenho ambos, mas raramente comento quer num lado, quer no outro. Vou "roubar" a imagem e reformular a minha postura ;) Obrigada pelo aviso, pelo desabafo e por manteres o blog!

do not push my buttons! disse...

Olá Virgínia! Vim parar ao seu blog por acaso e ainda bem!
Raramente comento em blogs mais pela minha natureza do que por preguiça, mas tenho de concordar com a sua ideia. Até por que a atesto: eu própria tenho um blog desde 2006, que uso como apresentação do meu trabalho e como desabafo para anónimos, muitas vezes. Podia ir para um bar falar com o barman, mas prefiro escrever... um dia alguém recebe a minha mensagem na garrafa. :)

E adorei os seus bonecos! :)

Soraia Queijo disse...

É exactamente isso!

martinha martins disse...

Mesmo isso! Os blogs a mim inspiram-me! O
Levei a imagem, logo ontem....

Rita disse...

sim sim e sim.

Luísa Silva disse...

Olá Virgínia,
Este post vem muito ao encontro de muitas das ideias que tenho em relação ao blog vs facebook e sobre as quais nunca quis ou tive a coragem de abordar no meu blog. Fui muito relutante em relação ao Facebook e só há pouco tempo o uso e essencialmente para divulgação da loja.
Como o tempo é pouco o meu blog foi ficando parado mas nunca desisti dele. O facto de ter agora muito menos comentários é compreensível e não me incomoda. Gosto muito do meu blog! É como um amigo que se ama mesmo quando não o vimos há muito tempo. Tudo o que lá está registado foi sentido e escrito com cuidado e prazer.
Muito obrigada pelo seu repto. Vou concerteza aceitá-lo!
Um abraço
Luísa

Andreia disse...

Nem sempre comento, mas venho sempre aqui...e muito raramente ao facebook.
Os blogues bons são para durar!

Borboleta Serrana disse...

Concordo plenamente;)

Ana V. disse...

Gosto da imagem "...mensagens dentro de garrafas...".

Tenho consciência que nem a qualidade da escrita, nem das imagens nem do conteúdo é do melhor que por aqui se faz. Mas tb sei que se tivesse comentários no Blog talvez tivesse incentivo para fazer mais e melhor.

Obrigada pelo Alerta.

Inês M. disse...

Concordo plenamente! Várias vezes sinto que estou a falar para as paredes...

meri disse...

Completamente de acordo e vou partilhar no meu blogue

trapos a voar disse...

Adorei a analogia! Concordo inteiramente! Vamos continuar a atirar garrafas ao mar, apanhar outras e responder-lhes.:-) oFB, quanto a mim, não substitui os blogs. As mensagens são muito concisas e de algum modo superficiais. O blog é mais intimista e muito mais interessante. Vou levar o emblema!

belinda sobral disse...

passei por aqui, gostei muito do que li e tive tempo para escrevê-lo.

Joana disse...

Este é um dos blogues que sigo há muito, muito tempo. Muito antes de ter um blogue, já era uma inspiração. Este artigo espelha bem aquilo que penso e sinto, sobre esta matéria. Receber um comentário sabe sempre a miminho. :) Beijo

sara carvalho disse...

:) As visitas não são diárias mas venho cá muito "espreitar as lebres na toca" :D
E hoje voltei a escrever no meu blog! Bjos

anita disse...

Gosto muito deste blogue. As fotos são muito boas, a escrita tem muita qualidade e é despretensiosa e honesta. É tudo muito bonito. É por isso que continuo a visitá-lo regularmente. Parabéns pelo seu trabalho e obrigada por continuar a escerever!

anita disse...

Gosto muito deste blogue. As fotos são muito boas. A escrita tem muita qualidade e é despretensiosa e honesta. É tudo muito bonito. É por isso que venho aqui regularmente. Obrigada por continuar a escrever!

www.frascodememorias.wordpress.com disse...

Identifiquei-me plenamente com a mensagem: enquanto leitora de blog´s e enquanto autora do Frasco de Memórias. Penso que enquanto leitores podemos fazer mais: deixar o nosso sinal; e enquanto autores também: ter o cuidado de responder, ainda que brevemente, a quem nos lê e nos oferece o seu tempo na elaboração de um comentário. Apercebo-me, tristemente, que em Portugal há o hábito de ignorar os comentários, ao contrário dos educadíssimos bloger´s brasileiros, espanhóis ou britânicos (apenas os que conheço melhor). Às vezes é bom colocar o dedo na ferida como fez a Virgínia ;-) Ana

filosofiabotequim disse...

Concordo plenamente. Até porque deixar um comentário é como quem diz: "Li, prestei atenção e a mensagem passou." Como a Sofialgarvia disse e muito bem: Long life for the blogosfera! :)

helena frontini disse...

Eu prefiro os blogs ( tenho dois) e sigo os que me agradam, porque me agradam... neste sou o nº 555.
Também tenho Facebook, mas é diferente. Garrafas deitadas ao mar? Sempre quis encontrar uma , mas nunca aconteceu. Amigos blogueiros, já tenho alguns (poucos mas bons).

Emma disse...

Escrevo-te para te dizer que sigo o teu blog à uito tempo... mas de uma forma silênciosa... agora digo! Força!

Analog Girl disse...

Concordo plenamente, e sim, faço frequentemente esse esforço, ou, na melhor das hipóteses até comento nos dois! :)
Adoro este blog, e este post fez todo o sentido. :)

Cristina Fonseca disse...

Gostei muito! venho visitar este blog com frequência e fica o prometido: vou passar a comentar! Beijinhos grandes e um abraço do tamanho do Mundo!
Cristina

Cristina Fonseca disse...

Gostei muito! venho visitar este blog com frequência e fica o prometido: vou passar a comentar! Beijinhos grandes e um abraço do tamanho do Mundo!
Cristina

Olga Lopes disse...

Adoro a analogia das garrafas ao mar e enquadra-se perfeitamente. Pessoalmente, prefiro blogs. Já tive vários. No início destas coisas tive um onde partilhava a minha visão sobre a sociedade e política. Tive um outro em que eu dava a perspectiva feminina e um homem (que nunca conheci) dava a perspectiva masculina sobre variadíssimos temas. Depois, por circunstâncias várias deixei de escrever. Retomei há pouco tempo e estou a reaprender. Gosto muito de escrever mas fiquei ferrugenta. Embora tenha facebook, prefiro o blog pela intimidade e porque convida à reflexão. E gosto muito de ler o seu. :)
Tudo de bom,
Olga

Olga Lopes disse...

Adoro a analogia das garrafas ao mar e enquadra-se perfeitamente. Pessoalmente, prefiro blogs. Já tive vários. No início destas coisas tive um onde partilhava a minha visão sobre a sociedade e política. Tive um outro em que eu dava a perspectiva feminina e um homem (que nunca conheci) dava a perspectiva masculina sobre variadíssimos temas. Depois, por circunstâncias várias deixei de escrever. Retomei há pouco tempo e estou a reaprender. Gosto muito de escrever mas fiquei ferrugenta. Embora tenha facebook, prefiro o blog pela intimidade e porque convida à reflexão. E gosto muito de ler o seu. :)
Tudo de bom,
Olga

Maria B disse...

quando li o texto da Margarida, achei que ela tinha razão e também fiz um com o mesmo objectivo. Pena não ter colocado uma imagem tão bonita.

angela fernandes disse...

concordo sem dúvida alguma e já sinto o mesmo. Vou partilhar da mesma opinião ;) obrigada!

Sara Gomes disse...

Depois dessa mensagem nem me atreveria a ir embora sem deixar um comentário :)
Gostei da imagem e acho mesmo que a vou pedir emprestada!

Sara Gomes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
by Deva disse...

A analogia da "garrafa ao mar" é perfeita! Tento sempre comentar nos blogs, no facebook é mais o click do "gosto". Penso que é simpático visitar e deixar uma palavra a quem nos visita, acompanha, ou a quem admiramos. É bom para quem escreve e dá alento e alegria para continuar...

Cristina Magalhães disse...

Gostei muito da chamada de atenção.
Concordo e levei para o meu Blog.

Obrigada! :)

Carla disse...

E eu?
Eu pouco comento, mas comento. Às vezes. Mas desta vez teve mesmo que ser...para dizer "Olá! Estou aqui e costumo ler este blog!"

miriam disse...

pois é =))
mas eu já encaro o meu blog como o meu diário, em que só alguns espreitam =) e que um dia os meus filhos vão poder ver.
eu venho aqui sempre! nem sempre comento mas leio sempre.
beijinho

amora disse...

prefiro mil vezes os blogs, no facebook é tudo mais rápido, descartável e acho que a forma como os utilizadores interpretam o que partilhamos é diferente. aqui não existem "amigos" só lê quem quer e nós tb só seguimos quem queremos. o blog é um registo meu, quase sempre me imagino a falar com os meus botões. tb gosto de comentários, mas não me faz tanta diferença não receber o feedback por escrito, já no fb acho muitas vezes desperdicio de tempo a partilha de coisas nossas :)

Marta A M disse...

Gostei muito. Vou levar. E vou seguir. Bjs

Rebeca disse...

Comparar os posts que fazemos com garrafas ao mar foi o máximo! Adorei e achei muito propício. Já me senti uma náufraga, isolada numa ilha (meu blog), escrevendo, escrevendo... Abrindo meu coração, mostrando minhas costuras, aventuras e desventuras para alguém que não lia nunca. Mas com o tempo as coisas foram mudando e eu mesma aprendi que comentar em outros blogs sempre pode me trazer um retorno bem gratificante.
E hoje já não sinto mais náufraga, nem com garrafas ao mar... Aleluia!!!!

Rebeca disse...

Adorei a comparação entre escrever um post e lançar mensagens em garrafas ao mar. Muito propício!
Já me senti uma náufraga, isolada numa ilha (meu blog), mostrando minhas costuras e meus textos a alguém que nunca lia nada.
Com o tempo, aprendi que tudo que vai, vem: comentando em blogs bacanas podemos ter um retorno legal, embora algumas pessoas não liguem para isso nem retornem meus comentários. Enfim, gente legal geralmente retorna e boas amizades já nasceram daí.
Hoje, já me sinto resgatada. Aleluia!!!!

Beti Copetti disse...

Eu não conhecia teu blog. Vi hoje, no facebook, a foto da manta feita em log cabin, mostrada pela Graça em Paz, indicando este endereço. Vim olhar e achei lindo! Gostei especialmente deste texto e da imagem das mensagens nas garrafas. E, através do teu nome, descobri a página no fb - já estou seguindo!

Blanche Cérise disse...

Depois de ler este post, tenho tentado comentar mais, não só os blogues que sigo, mas também os das pessoas que visitam o meu blog! O meu estaminé não tinha facebook até hoje :) por isso daqui para a frente vamos ver como corre!

Beijinhos e obrigada pela reflexão!

Marta A M disse...

Partilhei. Obrigada

Sara Gomes disse...

E tinha mesmo que ser, já fiz a minha parte ao partilhar e não podia deixar de comentar :)
http://madebyponeka.blogspot.pt/2014/01/blog-vs-facebook.html

Dora Ramalho disse...

parece que é um mal geral :) eu chego a pensar que as minhas garrafas nunca chegam a aparte alguma LOL
Bjs