(re)fazer lápis de cera

(re)fazer lápis de cera (re)fazer lápis de cera (re)fazer lápis de cera (re)fazer lápis de cera

A lata dos lápis de cera está mais que cheia. Com 11 anos de uso diário não sei como é possível ainda estar tão cheia, mas está. Temos aqueles lápis bonitos, cujo cheiro me leva imediatamente ao armário do material da sala de aula da professora Maria e temos muitos pedaços partidos que teimamos em não perder. Para quê tanta quantidade?
Para além disso, o formato dos lápis de cera cá de casa, apesar de ser perfeito para mãos que já estão acostumadas a desenhar, parece-me pouco apropriado para as mãos mais pequenas e inexperientes. 
A ideia amadureceu e decidi transformar a cozinha num laboratório por uns minutos. Separei os lápis por cores, começando pela cor que a senhorita Alecrim menos usa, não fosse a experiência dar para o torto. Derreti-os em banho-maria, o que levou muito mais tempo do que esperava, talvez devido às diferentes qualidades de lápis. Não satisfeita com a quantidade que estava a conseguir obter, lembrei-me de lhes juntar umas velas (cuja caixa também está cheia há anos, por mais que use velas no inverno), retirando-lhes o pavio. Fiz uns canudos de papel (aqueles filtros para café que não uso serviram perfeitamente) e verti a cera quente lá para dentro. Nesta altura percebi que toda esta experiência não se consegue em minutos nem com crianças pequenas por perto mas que tanto o processo como o resultado são muito gratificantes. 

7 comentários:

iwantobakefree disse...

Adorei! Também fica giro misturando cores e utilizando os moldes de silicone de bombons :)

Virgínia disse...

A minha primeira ideia era essa, usar os moldes de silicone, mas depois fiquei com receio de não conseguir retirar os restos de cera do silicone. Já fizeste assim?

cátia disse...

Uau!!! que bela ideia!

Alexandra disse...

Os moldes não podem ser utilizados de novo para culinária, têm de ficar só para os lápis de cera. Bom trabalho!

filosofiabotequim disse...

Adorei a ideia.

Virgínia disse...

obrigada, Alexandra!

A menina cos(z)e? disse...

Excelente ideia! :)