lebre Sofia

lebre Sofia lebre Sofia

lebre Sofia<


Mais uma encomenda acabada, pronta a entregar. Entre refeições por fazer, louça por lavar, roupa por estender, canções de embalar, lixo por reciclar, comida por comprar ,narizes por assoar cresce um boneco de pano. Quando olhamos para ele pronto, esquecemo-nos das dores e das noites mal dormidas. 
Tudo o que quero é ter tempo para fazer tudo o que quero.

3 comentários:

Regina disse...

Uma lebre do mais fofinho que há... Que ternurenta... tão perfeita... parece saída agora da floresta... Parabéns pelo excelente trabalho!!

Anis disse...

E é assim que se ama mil milhões! A lebre está um encanto!
Beijinhos

Planeta Zorp disse...

Por cá escrevinho histórias por entre os momentos de mimos e brincadeiras e afazeres domésticos!
Oh tempo... Que bem precioso!
Está linda a Sofia... Como tudo o que sai dessas tuas mãos mágicas... Um dia destes, ainda havemos de ter uma lebre tua a morar aqui na nossa costa alentejana... Um dia!!!
Beijos grandes e grata por voltares, Xana