taproot

taproot taproot taproot taproot

A Taproot demorou a chegar mas valeu a pena a espera. São trabalhos como este que me fazem querer fazer mais na vida e me lembram o caminho que quero seguir.

When I miss her, I go barefoot. I understand now that a bit of her remains with me. (...) It's then that I'm able to see how far I've come from where she once stood.

Look deep to find your roots.
Look deeper to find the mud from where you grow.

4 comentários:

Vera Ferraz disse...

Fabuloso!

koklikô disse...

Conheci esta publicação aqui http://soulemama.typepad.com/soulemama/ parece-me muito inspirador, aliás como tudo o que a Amanda generosamente partilha no seu blogue.

Mamã CocaCola disse...

É tão lindo. É mesmo assim...

Mamã CocaCola disse...

É tão lindo, é mesmo assim...