lebre de dezembro

lebre de dezembro lebre de dezembro lebre de dezembro lebre de dezembro
Não tenho a certeza, mas acho que esta é a primeira lebre do ano. Primeira e única, muito provavelmente. Foi um ano em que o trabalho teve que tomar lugar secundário na minha vida e poucas foram as encomendas que aceitei. O tempo, por mais que o tente esticar, tem o tempo que o tempo tem - e nem mais um minuto.
lebre de dezembro

Esta é, portanto, a lebre de dezembro, que nasceu no frio, pronta para aquecer o coração da mãe e da filha que a vão receber. Que brinquem, que sonhem, que aproveitem todo o tempo que as une. Vai cheia de amor por dentro.

8 comentários:

airosa disse...

Adoro :)

Inspiração Inesperada disse...

Adorei a lebre... e adorei esta frase: "O tempo, por mais que o tente esticar, tem o tempo que o tempo tem - e nem mais um minuto."

É tão bom passar por aqui :)

Joana disse...

É tão bonita e delicada!

Carla R. disse...

O teu blogue tem para mim o mesmo efeito do que a "confort food", sem as calorias : As peças que crias e a maneira como comunicas o teu universo pessoal...
:)

Virgínia disse...

Que bom ter os vossos comentários para ler :) que bom ter-vos por aqui :)

Anónimo disse...

Que engraçado, fez-me voltar à minha infância, pois tinha um conjunto de chá igual a esse, de que só restam algumas poucas peças...

Virgínia disse...

Só tenho esta peça, comprei-a numa feira de velharias... gosto muito :)

Pri... a arteira.... disse...

Que lindaaaaa.... Adorei o seu blog, tudo muito lindo, já estou seguindo, se quiser dá um pulinho lá no meu e se gostar pode segui-lo tb, rsss, bjusss