à minha espera

à minha espera à minha espera à minha espera à minha espera

à minha espera à minha espera

. uma poltrona despida para o novo quarto da senhorita Alecrim 
. o casaco do M. quando este tinha a idade da irmã a merecer uma reciclagem 
. o pobre do pato que ainda não sabe se vai ter asas ou braços
. roupa que quer ser manta
. tecido que quer ser roupa
. recortes, ideias, inspiração, estudos que gritam por um arquivo

E todos os dias esta sala me diz que sim, que posso conseguir, que é só querer e fazer. E eu acredito. E à noite, olho em redor e vejo tudo no mesmo lugar, à minha espera.

Enquanto tudo esperar por mim, tudo está bem.

6 comentários:

filosofiabotequim disse...

São projectos lindos e originais. ;)

aniki bóbó disse...

Que bom , tantos projectos ! e vais ver que mais tarde ou mais cedo eles se vão fazendo ...e se não se fizerem ... é porque afinal não era assim tão importante :)

Jeito Mineiro de Ser disse...

Olhando assim é muita coisa mas, use a filosofia do "Jack Estripador": vá por partes, de pedacinho em pedacinho a gente consegue!
Um abraço!
Egléa

A menina cos(z)e? disse...

Gostei imenso de tudo e em especial de uma frase que me faz lembrar tanto o que sinto: "roupa que quer ser manta, tecido que quer ser roupa (...)E todos os dias esta sala me diz que sim, que posso conseguir, que é só querer e fazer. E eu acredito" Beijinhos

Olga disse...

É sempre bom ter projetos, coisas para fazer e ideias para concretizar. É sinal que há vida! :)

iwantobakefree disse...

Que retalhos giros! E sim fazer uma manta com roupa antiga que deixa de servir é uma excelente ideia. Beijinhos e bons projectos